Franquias no Brasil e como captar franqueados

O mercado brasileiro de franquias ocupa a quarta posição no ranking mundial e começa ser visto como referência. Esse dato é bom também para o setor do marketing e esepcialmente para o setor do marketing online especializado em Franchising. O site Infofranquias está se posicionando como uma uma potente e valiosa ferramenta de marketing online para esse setor . Um setor que cresce em volumen de négocio e que consequentemente faze que mercado prescisse de midia online para afianzar o crescimento.

OFranchising no Brasil está crescendo a um ritmo R$12-13Bio ano com empresas lançando novas marcas constantemente no Brasil. Os setores que mais crescem e estão fazendo um esforço em marketing são os setores de acessórios pessoais e calçados, hotelaria e turismo e móveis, decoração, presentes e mobiliárias.

Carecemos de dados do investimento em midia por parte do setor. Não encontramos esa informação no portal da ABF. Não resulta fácil conhecer o investimento em midia de uma franquia. Nossa expérencia é clara, cada vez são mais as franquias que contatam conosco, perguntam e investem em midia online para captar franqueados. Infofranquias está se tornando como um dos vehículos de midia imprescindiveis junto as, sempre necessarias, ações gerais de brand marketing.

Nossa dica para as franquias é que não é suficente com aparecer na Internet com um site corporativo. Os potenciais franqueados gostam de pesquisar, comparar e analisar dados da franquia, franquias do setor e varios setores. Depois eles visitarão o site da ou das franquias escolhidas. Infofranquias facilita todas essas informações estruturadas em um site de estilo “clean” que alem de visualizar permitem ao potencial franqueado solicitar informação diretamente ao departamento de expansão ou de marketing da franquia. A franquia recebe uma ficha padronizada como todos os dados do potencial franqueado para establecer um relacionamento que pode virar em um real franqueado. Como gostamos de dezir “um franqueado para toda a vida”.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *